Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Russian Spanish
Menu

Categoria A1

Motociclos de cilindrada não superior a 125cm3, de potência máxima até 11KW e relação peso/potência não superior a 0,1 KW/Kg, e triciclos com potência máxima não superior a 15KW.

Documentação necessária:

– Documento de Identificação;

– Contribuinte;

– Certidão de Nascimento (narrativa completa);

– Autorização paternal + cópia dos documentos do encarregado de educação;

– Atestado Médico;

A Categoria A1, da carta de condução, abrange motociclos de cilindrada não superior a 125cm3, de potência máxima até 11 kW e relação peso/potência não superior a 0.1kW/kg e triciclos com potência máxima não superior a 15 kW.

Para obter a subcategoria é necessário possuir a idade mínima de 16 anos, podendo inscrever-se durante os 6 meses antecedentes, isto é, aos 15 anos e seis meses de idade. A par disso, o candidato deve residir em território nacional e possuir aptidão física e mental.

Relativamente às aulas teóricas, estas são presenciais e o candidato deve frequentar, pelo menos, 32 aulas – 28 aulas de teórica comum e 4 aulas específicas de motociclos, e realizar, posteriormente, um exame teórico composto por 40 perguntas, em que pode errar até 4.

Com este exame teórico/código pretende-se verificar se o candidato possui conhecimentos elementares sobre circulação rodoviária, ao nível dos vários domínios do saber, entre eles, o saber-saber, o saber-fazer, o saber-ser e o saber-estar.

A aquisição destes domínios é fundamental para que o candidato pratique, posteriormente, uma condução segura, tanto para o próprio como para os demais utentes da via.

Após aprovação no exame teórico, segue-se o exame prático, depois de o aluno concluir as aulas práticas necessárias – pelo menos, 12 aulas e 120km (os quilómetros são divididos pelas 12 aulas).

O exame prático contém algumas exigências mínimas, tais como, prova de manobras especiais (deslocar o motociclo sem ajuda do motor, caminhando ao seu lado, estacionar, executar manobras em marcha lenta e elevada); enfrentar eventuais características da via pública (rotundas, passagens para peões, passagens de nível, paragens de transportes públicos coletivos, inclinações acentuadas, entre outras); comportamento no tráfego (conduzir em curvas, mudar de direção, ultrapassar ou cruzar com outros veículos); preparação e controlo técnico do veículo para a segurança rodoviária, ajuste do equipamento de segurança (como luvas, botas, vestuário e capacete); proceder a verificações aleatórias sobre o estado dos equipamentos do veículo (como pneumáticos, sistema de travagem, sistema de direção, corrente, indicadores de mudança de direção, entre outros).

Quando adquirir o primeiro motociclo, recomendamos que tenha em atenção alguns aspetos de segurança, como por exemplo, chegar bem com os pés ao chão quando está sentado no motociclo.

Existem muitas outras sugestões / recomendações que são referenciadas no durante as aulas teóricas e práticas.

Com a formação em veículos de duas rodas pretende-se que o candidato adquira conhecimentos e práticas de comportamento, a fim de desenvolver uma condução responsável, segura e agradável, tendo sempre em conta que o imprevisto é o que qualquer condutor tem como o mais certo.

Boas curvas!

A1 Idade Mínima:                   16 anos Motociclos de cilindrada não superior a 125cm3, de potência máxima até 11KW e relação peso/potência não superior a 0,1 KW/Kg, e triciclos com potência máxima não superior a 15KW.

Preço

Pronto Pagamento tudo incluído 400€
Em duas mensalidades 2x 240€
Em três mensalidades 3x 160€
Em quatro mensalidades 4x 120€
Ofertas Livros de Código, Consulta médica para obter o atestado médico
Facebook Twitter Google+ Pinterest